quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Clube da Árvore Solitária (Amigos, Fantasmas e Bullying) - Shana G. Conzatti



Título original: Clube da Árvore Solitária: Amigos, Fantasmas e Bullying (Vol. 1)


Editora: Independente
Edição: 1 (Kindle)

Ano: 2013
Páginas: 134

Minha Nota:
MUITO BOM







Sinopse: Eduarda, Samuel, Jéssica, Max, Yuri, Vicente. Adolescentes nada populares que se encontram por um acaso do destino, mas que por tudo o que já passaram sentem dificuldades em confiar uns nos outros. Isso pode mudar, no entanto, quando se veem envolvidos em uma inusitada caça a fantasma no cemitério da cidade. O desvendar desse mistério e a luta contra o bullying, que alguns deles sofrem na escola, irá uni-los em uma história imperdível! Acompanhe a formação do Clube da Árvore Solitária nesse livro que reúne amizade, amadurecimento, aventura e diversão!

Júlia, uma garota de 15 anos, abre a história ao se encaminhar para a escola e acabar mudando de caminho por não conter a curiosidade de dar uma espiadinha no cemitério da cidade, afinal fica bem perto do seu colégio o que teria de ruim nisso? O que ela não esperava era encontrar, em plena neblina e o frio da manhã, um ser saindo de dentro de um caixão.

A menina chega em sua escola aos prantos e logo chama atenção de outros meninos que ouviram a história e querem tirar a limpo o que existe no cemitério, que fantasma foi esse que a menina viu saindo de um caixão. Algo como isso não pode ter explicação, pode?

Eduarda é a mais alta da turma, e sempre fora pressionada por isso. Os colegas da sua escola não a deixam em paz um só minuto. É lá também que estuda Yuri, um garoto misterioso, reservado, que adora ouvir músicas só para si em seu fone de ouvido. Yuri nunca teve problemas com perseguição, seu jeito calado e indiferente lhe protegia disso, até conhecer Eduarda e ambos se tornarem amigos.

Samuel está acima do peso; é horrível ser o gordinho da turma e as pessoas não o perdoam por isso. Ele adora ler revistas em quadrinhos e é assim que consegue escapar das pregações de peça do mundo real e ser transportado ao seu próprio mundo, onde heróis de verdade existem.

Max tem 13 anos e estuda na mesma escola que Samuel. É o melhor amigo de Jéssica - uma menina de 14 anos, doce, tímida e romântica – por quem guarda uma paixão. Max é nitidamente Nerd, anda com seu smartphone para todos os lados, tem um blog e sabe tudo sobre o mundo digital. 

Jéssica por sua vez se encanta pelo pior garoto do colégio, Vicente. Bem, não tão ruim assim pois Vicente tem muito de bom em seu coração, mas seu jeito agressivo, sua mania de brigar com tudo o com todos, impedem que as pessoas vejam isso.

É na busca pelo fantasma do cemitério que esse grupo de 6 jovens, se reúnem para formar uma história sobre a descoberta da amizade, a crueldade dos jovens para com seus semelhantes, sobre romance e mistério.

"Talvez sejamos como o Batman, Homem-Aranha ou qualquer outro herói, apesar de sermos pessoas normais e desprotegidas na escola; ao nos reunirmos e colocamos nossas fantasias, nos tornamos especiais."

De onde vem o título?
Em parte da árvore que fica em frente ao cemitério e que é o ponto de encontro dos garotos, em parte por outro motivo que você precisa ler a história para entender...

"Aquela grande árvore solitária havia sido sua única confidente por um longo tempo, uma amiga silenciosa, mas presente."

COMENTÁRIOS

Com um texto fluido, uma escrita fácil e ao mesmo tempo formal e bonita, Shana Conzatti consegue passar veracidade em seu romance de estreia. Sentimos vontade de continuar a ler e saber mais desses meninos. Algo que senti que precisa ser melhorado foi na construção dos diálogos – pode ter sido por se tratar de uma literatura juvenil que sempre passa um quê de imaturidade, ou a insegurança de escrever sua primeira publicação.

Para quem tem intenção de ler (o que espero que façam), deve-se ter atenção na descrição que diferenciam os 7 diferentes personagens de principal destaque. Pode parecer muita informação a primeira vista, mas no decorrer da leitura cada um deles se mostra de um jeito singular. 

Uma curiosidade é que em nenhum momento é citada a cidade que acontece a história, uma boa sacada que dá oportunidade do leitor se deslocar para onde quiser – a mim pareceu que estamos no sul do país. 

Essa é uma história bem estruturada e objetiva – todos os fatos são significantes para a história –, voltada ao público juvenil. Não pense que encontrará um livro que fala sobre grandes questões da vida, voltado ao público adulto, contudo, pode e deve ser lido por qualquer idade.

No desfecho do livro ficamos esperando por mais. O enredo tem um final cíclico mas deixa brechas para novas aventuras e dissoluções de enigmas dos nossos personagens principais (sobretudo Yuri). Uma dica que tenho seria inserir a personagem Júlia mais adiante. 

Em contato com a autora, ela disse pretender desenvolver a história mais adiante e retornar com a mesma turma construindo novas temáticas, porém temos que esperar um longo ano pela frente. Enquanto isso, você pode ter acesso a contos paralelos narrados sob a perspectiva de Eduarda e Vicente. 

"O grupo fizera da amizade o escudo para afastar as tristezas, a espada que lhes dera coragem de lutar e o amuleto para acreditarem que muitas coisas boas sempre podem acontecer quando confiamos em nós mesmos."

*O Clube da Árvore SolitáriaCompre na Amazon

*Contos Grátis de Shana Conzatti – Acesse Já

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. EU QUEROOOO!!! Acho que tu já sabe como sou louco por infanto juvenis, gostei da sinopse e de longe (bem de longe) lembrou Extraordinário, essa questão do valor da amizade e tal. Uma pena que não tem na Kobo :/



    Abs

    ResponderExcluir
  2. Essas plataformas são complicadas por conta disso. Fica restrito a comprar os produtos apenas em um lugar. Eu atualizei o último link no post para ter acesso aos contos de modo gratuito. Dá uma olhadinha, Amanto ;) Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Então, é isso que vou fazer baixar, quebrar o DRM e converter, seria legal (e mais cômodo) comprar na Kobo até por questões de support a autora, mas a gente dá um jeito em tudo kkkkkkkk.



    Opa, valeu pela dica adicionando a minha nuvem :D

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela parceria, sorteios sempre seão bem vindos HAUSHUASHUA.

    Abs

    ResponderExcluir
  5. Olá tudo, bem sou sua seguidora e te indiquei para responder a uma TAG, no qual o escolhido deveria ter menos de 200 seguidores. Espero que goste das perguntas.

    http://fernandanatalia.blogspot.com.br/2014/01/tag-conhecendo-melhor-blogueira.html#comment-form

    ResponderExcluir
  6. Francielle Couto Santos24 de março de 2014 12:17

    Que parceria bacana, Clóvis! E adorei essa identificação toda... dá para conhecer bem o perfil do escritor. Sua obra é super interessante. Gostei!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...