quarta-feira, 29 de maio de 2013

A Seleção - Kiera Cass (Resenha)



A seleção banner

Olá Gente! Hoje estou aqui para falar de um livro que me interessei devido ao grande sucesso que anda fazendo em toda blogosfera literária. Estou falando de "A seleção", uma nova distopia, não tão distópica assim, que me garantiu bons momentos de descontração e romance. Vamos saber um pouquinho mais sobre a história?

Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha...

ENREDO

Em Illéa, o povo é dividido em castas que variam de 1 a 8. Sendo um as de melhor conforto, a realeza, e as da oito com as piores condições de vida. Cada uma dessas castas possuem suas determinadas funções (atributos que as destacam melhor, como na agricultura ou na arte por exemplo). 

Com o passar dos anos criou-se a tradição de que uma plebeia fosse eleita como princesa, de modo que o filho do rei tivesse uma substituta para o cargo de rainha quando chegasse a hora. Para isso foi criada a "Seleção", um evento que se dá pelo sorteio aleatório de 35 garotas entre 16 e 20 anos, de diferentes castas, onde estas serão enviadas ao castelo para que, de acordo com as afinidades com o príncipe, uma possa ser escolhida como a nova princesa.


"Eu era feliz por Illéa existir. [...] Só que essas regras começavam a me sufocar, como correntes invisíveis que me prendiam ao chão. Leis sobre quem você podia amar, formulários sobre sua virgindade... Era detestável!" Capítulo 6.

Qualquer uma estaria ansiosíssima para estar entre aquelas que irão para o castelo, bom, nem todas. America Singer é uma cantora da casta 5 que vive com seus pais e sua irmã mais nova, e ir para a seleção significa deixar para trás tanto sua família quanto o grande amor de sua vida, Aspen. O problema é que esse rapaz pertence a casta 7, e mesmo que eles cheguem a ficar juntos as condições de sobrevivência para ambos seria mínima.

"Ele era moreno, tinha olhos verdes e um sorriso que fazia você pensar que ele estava escondendo alguma coisa." Capítulo 2.

Entrementes, ir para o castelo é uma chance de elevar sua casta e ao mesmo tempo garantir uma boa alimentação a sua família enquanto sua permanência perdure na competição. Porém, há de se convir que as chances de ser sorteada diante de tantas garotas em Illéa são mínimas, verdade? Foi o erro que America cometeu ao pensar assim.

Uma atrapalhada de acontecimentos faz com que o nome dela seja sorteado e, durante esse percurso, Aspen acha melhor romper o relacionamento dos dois para que o futuro de sua amada seja garantido. Chegando ao castelo, irritada por estar em um lugar que não deseja, pela perda de Aspen e por não saber como seguir adiante ela se envolve em muitos atritos até encontrar no príncipe um novo olhar.

"Observei Maxon. Talvez ele fosse bonito, a seu modo. Mas não era nem um pouco parecido com Aspen. Seu cabelo tinha uma cor meio mel e seus olhos eram castanhos. Ele tinha uma cara de verão, o que muita gente deveria gostar. Seu cabelo batido estava em perfeita ordem, e a roupa se ajustava perfeitamente ao seu corpo." Capítulo 4.

Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Quando pensamos que o clichê se aproxima, eis que surge o contrário, ela faz uma proposta irrecusável ao príncipe e após essa aliança, a relação dos dois nunca mais será a mesma.

"Era evidente que minha preferência por outro o incomodava, mas em vez de escolher o ódio, ele demonstrou compaixão. Esse gesto me fez confiar nele." Capítulo 11.

COMENTÁRIOS

Versão Nacional pela Editora Seguinte.


Gente que livro maravilhoso! Eu o peguei para ler sem esperar nada, ou até esperando um pouco de clichê, romance, um novo conto de fadas, mas não foi isso que encontrei.

A autora soube levar a história com leveza e ao mesmo tempo criando um clima de surpresas e reviravoltas. Esse novo país criado por ela foi muito bem explicado no decorrer das páginas e a nossa protagonista não chega a ser irritante; ela é forte, porém contida, e sem o mínimo de esforço consegue chamar atenção.

Sabe um daqueles livros que a gente gosta sem motivo aparente? (Risos) Esse é um deles! Uma leitura rápida, despretensiosa, que nos faz suspirar com os acontecimentos.

A única coisa que não gostei foi o repentino abandono de Aspen para com America. Achei que foi muito fácil para ele fazer isso, e não vi a dor que deveria sentir ao fazê-lo. A menina louca de paixão, querendo enfrentar a Deus e o mundo por ele e numa coisinha de nada ele dá as costas e vai embora?!

Mas isso não reduziu a nota que dei ao livro e, se você leu meus comentários sobre Jogos Vorazes, sabe que sou do Team Peeta e tenho uma tendência a gostar dos mocinhos da história. Não me agradou nada o momento em que ela tem a chance de mostrar quão forte está, mas na primeira tentação morde a isca (Não conto mais nada, juro!)

"Algo em sua hesitação fez com que eu me sentisse linda. Sem precisar de palavras, pude compreender como ele estava emocionado mas também assustado com o momento. E por trás de tudo isso via sua adoração por mim. 
Então era assim que uma dama se sentia." Capítulo 18.

ÓTIMO / FAVORITO


PS: Não vá pensando que esse livro tem um final "felizes-para-sempre". Ainda tem a continuação que acaba de ser publicada aqui no Brasil. O fim dessa volume termina como um Cliffhanger, ou seja, ficamos vidrados querendo saber o que acontecerá a seguir. Não vai perder hein!

PLAYLIST

- Carrie Underwood (Carnival Ride, 2007) Caiu feito luva durante a história, caso tenha oportunidade escute!
- OneRepublic (Native, 2013)

EM BREVE...


Conto - O príncipe | Resenha disponível
Vol. 2 - A Elite | Resenha disponível

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Adriana Macedo da Silva29 de maio de 2013 12:00

    Oi Clovis
    Teve um evento da serie aqui o mês passado, e eu simplesmente me apaixonei pelos livros. Sempre achei as capas lindas mas nunca tinha me interessado. Depois do evento comecei a ler cada resenha que encontrava, e por sinal sua resenha esta linda. Parabens. Fiquei sabendo que ia virar uma serie de tv. Mas foi uma pena não ter sido aprovado. Com certeza esta serie ja faz parte da minha lista que só aumenta cada vez mais.
    Bjs
    Adriana
    meupassatempoblablabla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Adriana! Sim as capas são lindas e nunca julgue um livro por elas. rsrs. Fico feliz que tenha gostado da resenha, já estava sentindo sua falta nos comentários aqui do blog. Leia sim, aposto que você irá gostar. PS: A série de tv foi ensaiada para ir ao ar 2 vezes, mas infelizmente a cortaram. =( Quem sabe mais pra frente. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Adriano Gutemberg2 de junho de 2013 19:37

    Adorei a resenha ! Parabeens :D

    Me incitou bastante a curiosidade e fiquei morto de vontade de ler. Adicionado na minha nada pequena lista de leitura !

    Adriano G.
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/ (visita lá ;D)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...